Dor na coluna, o que fazer?

Ultimas Noticias
Tipografia

Palestra do dr. Márcio Henrique Chaves Meireles, médico do trabalho da CASSI, abordou causas, efeitos, tratamentos e prevenção da lombalgia – por Juca Varella

SELO 30 ANOS

 

Na tarde da última terça-feira, 27/08, a AFABB-SP recebeu o dr. Marcio Henrique Chaves Meireles, médico do trabalho da CASSI, para falar sobre um importante tema que aflige muita gente, principalmente na faixa etária dos nossos associados: a lombalgia.

 

Lombalgia ou dor na região lombar é um distúrbio comum do sistema músculo-esquelético que envolve os músculos, nervos e ossos das costas e que causa dor na região lombar. A dor é de intensidade variável, desde um desconforto constante até dor súbita e intensa, geralmente causada pela degeneração dos discos, hérnia discal, desgaste articular, espondilolistese (fratura por estresse de uma vértebra, que geralmente ocorre em atividades esportivas) e má postura. Depressão, estresse e ansiedade também podem ser causas da lombalgia. Entretanto, cerca de 85% dos casos têm causa inespecífica.

 

CAS COLUNA MIOLODr. Meirelles falou sobre lombalgia a associados e convidados e orientou quanto às causas, tratamentos e prevenção desse mal

Alguns casos em que o paciente deve procurar ajuda médica: quando dor não melhora mesmo deitado; quando a dor vem associada a fraqueza nas pernas ou irradiada para elas; em caso de queda ou acidente ou quando a dor não melhora dentro de quatro semanas.

 

Para tratar a lombalgia é necessário se manter ativo. Os movimentos ajudam a aliviar espasmos musculares e previnem a perda da força muscular. Caminhadas, natação, bicicleta ergométrica, exercícios aeróbicos de baixo impacto e outros exercícios leves são recomendados, além do uso de analgésicos e anti-inflamatórios. Fisioterapia, acupuntura, massagem e yoga também ajudam, e muito, a recuperação do paciente. Em casos mais graves é preciso recorrer a infiltrações ou cirurgias.

 

Como qualquer outro mal, o importante é sempre a prevenção. Mantenha-se ativo sempre, com qualquer idade, e sempre com acompanhamento médico; cuide da postura quando sentado, deitado ou quando precisar levantar cargas; faça sempre exercícios físicos para fortalecimento do quadril, tronco e musculaturas abdominal e lombar.

 

A AFABB-SP agradece ao dr. Meireles pela disponibilidade em compartilhar seu conhecimento com nossos associados.

 

Veja a apresentação aqui

 

Acompanhe nossos próximos eventos!

.......................