Virada da Consciência homenageia Ruth Guimarães e George Floyd

Cultura e Lazer
Tipografia

Evento gratuito debate principalmente racismo estrutural e protagonismo negro e vai contar com shows, feira de tecnologia e empreendedorismo, debates literários e mais. Até domingo, 22 de novembro

 

VIRADA topo

É FLOYDS!

Com o tema “É Floyds! – Os joelhos invisíveis que estão por aí”, a Virada da Consciência 2020 conta com diversas atrações gratuitas e online entre os dias 17 e 22 de novembro. A edição debate principalmente racismo estrutural e protagonismo negro.

Ao longo de todos esses dias, o público acompanha uma série de bate-papos ao vivo, shows, mesas literárias, lançamentos de livros, oficinas, painéis acadêmicos, workshops, keynotes, exibições de filmes e muito mais. Veja toda a programação neste link.

Todas essas atividades estão divididas em sete eixos. As Ações da Virada colocam em pauta temas como saúde, segurança, educação e movimentos sociais; o Troféu Raça Negra premia personalidades negras e àqueles que lutam por uma sociedade com igualdade racial. Já o Festival Afrominuto é um concurso de vídeos com duração de até um minuto produzidos por estudantes da rede pública do Estado de São Paulo.

Além disso, há o Seminário Internacional da Consciência Negra; as Jornadas da Diversidade, organizadas pela Iniciativa Empresarial pela Igualdade Racial; a BlackTekFest (BTK), feira de experiências tecnológicas que reúne ciência, tecnologia e empreendedorismo e a FlinkSampa (Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra).

O evento é uma iniciativa de Universidade Zumbi dos Palmares com a ONG Afrobras. Todas as atrações são transmitidas pela plataforma exclusiva criada para o evento. Acesse pelo link abaixo.

 

 

VIRADA FLOYDGrafite do artista 'EME Freethinker' em apoio aos protestos pela morte de George Floyd no parque 'Mauerpark' em Berlim, Alemanha. Foto: Michael Sohn/AP

  

A Virada da Consciência 2020 homenageia George Floyd, morto em Minnesota (EUA) durante uma ação policial. Durante o Seminário Acadêmico Internacional, pesquisadores, agentes públicos e privados, docentes de diversas instituições do Ensino Superior e representantes de instituições públicas participam de 10 painéis. Um dos ilustres convidados é o advogado de Floyd. Saiba tudo o que vai rolar neste link aqui.

Na FlinkSampa, que acontece nos dias 19 e 20 de novembro, a poetisa, romancista e cronista Ruth Guimarães é a grande homenageada. Ela foi a primeira escritora negra brasileira a obter projeção nacional, a partir do lançamento de seu primeiro livro: o romance “Água Funda”, em 1946.

Por suas obras cheias de representatividade cultural e todo seu trabalho de resgate da linguagem bem brasileira, em 2008 (aos 88 anos, seis antes de sua morte), a autora foi eleita para ocupar a cadeira número 22 da Academia Paulista de Letras.

O legado dessa mulher forte será destaque em dois momentos no dia 19 de novembro. Primeiro, no bate-papo “Ruth Guimarães: centenário de uma escritora negra”, com as presenças de Joaquim Botelho Guimarães (filho de Ruth) e Conceição Evaristo e a mediação de Tom Farias.

Na ocasião também haverá o lançamento da edição comemorativa dos 70 anos de “Os Filhos do Medo”. Assista tudo entre às 16h10 e às 17h. Depois, entre às 18h50 às 19h, quando o público confere a webbiografia “Ruth Guimarães: centenário de nascimento (1920-2020)”.

Outra mesa que se destaca no evento é a “Africanidades diaspóricas: identidades”, com Ungulani Ba Ka Khosa (Moçambique), Eliana Alves Cruz (Brasil), Itamar Vieira Júnior (Brasil) e Tom Farias. Essa conversa acontece no dia 20, das 15h às 16h.

 

VIRADA MARTINHOO cantor e compositor Martinho da Vila participa do evento

 

A música também marca presença nessas discussões. Martinho da Vila e Paulo Lins, com moderação de Tom Farias,  participam da mesa “Os nossos bambas das letras”, sobre a intersecção entre a literatura e o universo musical. Assista no dia 20, das 17h20 às 18h20. Para acompanhar todas as atrações da FlikSampa, acesse este site.

No dia 18 acontece o maior fórum empresarial sobre a temática racial no país. As Jornadas da Diversidade unem tomadores de decisão, influenciadores corporativos, agentes políticos, especialistas e formadores de opinião pública.

Esses profissionais participam de cinco painéis: o primeiro discute a temática central da edição; o segundo aborda a metodologia ESG (Environmental, Social and Governance Criterial), investidores e inclusão racial; o terceiro trata das ações afirmativas no ambiente empresarial; o quarto fala sobre o papel dos Comitês de Diversidade Racial nas empresas; e o quinto sobre o futuro do mercado de trabalho na próxima década. Tudo acontece das 9h às 16h40. Saiba mais informações aqui.

A Virada da Consciência 2020 também homenageia o saudoso Luiz Melodia (1951-2017) durante a entrega do Troféu Raça. A premiação acontece no dia 19, a partir das 19h.

Gostou? Tem muito mais atividades acontecendo até o dia 22 de novembro. Acompanhe as novidades pelo Facebook @viradadaconsciencia, pelo Instagram @viradadaconsciencia ou direto pelo site.

 

VIRADA ACOMPANHE

ACOMPANHE TODA A PROGRAMAÇÃO NO SITE INTERATIVO DO EVENTO


CATRACA LOGO 1

Fonte: Catraca Livre

LOGO peq NOV AZUL

.....................