Visite todas as Bienais de São Paulo

Cultura e Lazer
Tipografia

Você pode conhecer virtualmente todas as Bienais de São Paulo, desde a primeira, em 1951. São 68 anos de arte para você!

 

 BIENAL MIOLO 3

Que tal curtir os 68 anos de história das Bienais de São Paulo de casa nessa quarentena?

Conheça toda a arte que invadiu o Pavilhão Ciccillo Matarazzo, também conhecido como

Pavilhão da Bienal, localizado no Parque do Ibirapuera

 

Em tempos de pandemia, já que todos devem ficar em casa, o ideal é tentar aproveitar o que de melhor podemos curtir na internet: muita cultura e conhecimento! E para quem busca boas atividades durante a quarentena, a Fundação Bienal de São Paulo disponibilizou em seu site conteúdos e ações de comunicação digital, com o objetivo de dar maior acessibilidade de seus eventos para todos os públicos.

É um mergulho profundo na história da cidade por meio da arte que invadiu o Pavilhão Ciccillo Matarazzo, também conhecido como Pavilhão da Bienal, localizado no Parque do Ibirapuera.

 

BIENAL MIOLO 1Cartaz e imagem da primeira Bienal de São Paulo, em 1951

 

Se liga nas dicas digitais da Fundação Bienal, para acessar durante o isolamento social:

No site da Bienal de São Paulo, acesse a área “Bienal a Bienal”, dentro do menu principal. Através deste link, é possível ter acesso a conteúdos de cada edição da Bienal, desde a sua criação, em 1951. Estão disponíveis fotos antigas, obras, artistas, vídeos, site de cada mostra e tours virtuais. Estes últimos, realizados desde a 29ª edição, em 2010.

Ainda no site da fundação, você consegue também ter acesso aos catálogos das mostras para download gratuito, além de outras publicações. É só clicar aqui para ter acesso.

Para pesquisadores, estudantes de arte ou curiosos, o Arquivo Histórico Wanda Svevo, conhecido também por Arquivo Bienal, é um dos mais importantes repositórios documentais sobre a produção artística moderna e contemporânea na América Latina, com mais de um milhão de documentos sobre as realizações das Bienais de São Paulo e seus desdobramentos na história da arte. Você também pode ter acesso a esse montão de informações no site da fundação.

Já no Canal Bienal São Paulo, o canal oficial no Youtube do evento de arte, dá para acessar vídeos com as últimas novidades relacionadas ao evento, mini-documentários produzidos pela própria fundação, conteúdos de palestras e encontros formativos e vídeos de outras edições.

 

BIENAL MIOLO 2Cartaz e imagem da 33ª Bienal de São Paulo, em 2018

 

Entre esses vídeos, cabe um destaque às produções em libras feitas a cada edição desde a 31ª Bienal, em 2014. O Canal Bienal São Paulo pode ser acessado aqui neste link, onde você também encontrará informações sobre a 34ª Bienal, neste anode  2020.

Agora, tanto pelo Instagram ou pelo Facebook da Bienal você tem acesso a muitas curiosidades, últimas novidades e conteúdos exclusivos sobre artistas e obras.

Se você for aquela pessoa que ama newsletters, a Fundação Bienal de São Paulo lançou uma campanha de compartilhamento desses conteúdos por meio de suas newsletters semanais, integrando, assim, seus diversos canais de comunicação digital.

Essas newsletters vão ser intercaladas com as correspondências curatoriais da 34ª Bienal de São Paulo, que continuam a ser enviadas periodicamente. Para se cadastrar na newsletter, você precisa preencher seus dados no site da Bienal.

 

 BIENAL TOURS

Clique e mergulhe em 68 anos de arte!

 

 


CATRACA LOGO 1

FONTE: Catraca Livre 

LOGO MASC REDONDO

.............................