CASSI - POSIÇÃO DA FAABB

Ultimas Noticias
Tipografia

Retransmitimos informe de nossa Federação à todas as AFABBS.

 

Ofício FAABB 25/09_2016.

Às

ASSOCIAÇÕES DE APOSENTADOS E PENSIONISTAS DO BANCO DO BRASIL

Sr. Presidente,

         Por maioria absoluta as Associações filiadas à FAABB decidiram aceitar as propostas do Banco do Brasil para a CASSI. Muitas insistem que à mesa devemos tentar que a parte de ressarcimento extraordinário do BB respeite a proporcionalidade de 1% para 1,5%. Insistem, ainda, que a Mesa de Negociações seja permanente, de modo a acompanhar par e passo todas as fases das medidas saneadoras propostas. Que fases são essas?

- consultoria para diagnóstico da situação atual, revisão dos materiais existentes, modelagem, plano detalhado, estudos de viabilidade e planejamento da implantação (prazo estimado em 4 meses);

- implementação das propostas (projetos) aprovadas nos órgãos de governança da Cassi (prazo estimado de 12 meses);

- prestação de contas trimestral pela Cassi, ao Patrocinador e ao Corpo Social, por meio da Entidades Representativas que compõem a Mesa de Negociação, em relação ao andamento dos trabalhos e implementação das propostas, com avaliações intermediárias quanto à necessidade de continuidade dos ressarcimentos do Banco e das contribuições extraordinárias dos Associados;

- aperfeiçoamento do sistema de recrutamento e seleção dos funcionários, de forma que as contratações e promoções sejam realizadas por meio de processo institucional de seleção e ascensão;

- Acordo de Trabalho, ou seja, um sistema de acompanhamento que possibilite a avaliação do desempenho operacional de todas as suas áreas, estabelecendo indicadores e metas, como por exemplo, Satisfação dos Participantes, Clima Organizacional, Controle das Despesas Assistenciais e Administrativas, dentre outros relacionados à sua gestão.

         É importante salientar que nossas contribuições adicionais de 1% até dez/2019 e o ressarcimento, por parte do BB, em até 23 milhões serão reajustadas. Nossas contribuições sofrerão impactos dos reajustes salariais da categoria bancária (pessoal da ativa) e do reajuste anual de benefícios de aposentados e pensionistas sempre em janeiro.  Os 23 milhões do BB serão reajustados em índice a ser acertado entre Banco e CASSI. Cogita-se que seja o FIPE SAÚDE.

         Não obstante, é preciso deixar claro que:

- nem nossas contribuições adicionais ou os ressarcimentos do BB resolvem o problema de sustentabilidade das CASSI. A sustentabilidade somente será obtida SE todas as metas de revisão, ajustes, controles internos, implantação de projetos, etc., derem resultados satisfatórios. Daí a importância da Mesa Permanente.

- nem nossas contribuições adicionais ou os ressarcimentos do BB resolvem o déficit acumulado e o projetado para 2016. Essa é uma questão que trataremos à Mesa na próxima reunião.

- Fundamental também é enfatizar que o Estatuto não será alterado e a consulta ao Corpo Social é obrigatória, pois implica a aceitação da contribuição adicional de 1% por parte dos associados CASSI. Novamente reforça-se a importância da Mesa Permanente para acompanhar todas as fases.

Atenciosamente,

Isa Musa de Noronha

Presidente

Enquete
O que você achou do visual do nosso novo site?